notícia

Temer mente: reforma trabalhista enfraquecerá trabalhador

PL 6787, da Reforma Trabalhista, quer destruir sindicatos e abrir caminho para oportunistas. CUT defende mudanças, mas não retrocessos [Escrito por: Isaías Dalle / CUT] O peru de Natal este ano veio salgado, fora do ponto para a maioria dos brasileiros. Um dos ingredientes desse sabor ruim veio na forma do Projeto de Lei 6787/2016, apresentado pelo governo Temer no dia 22 de dezembro, conhecido como Reforma Trabalhista. O sentido geral do projeto é baratear ainda mais o valor do trabalho dos brasileiros e brasileiras, garantindo aos empresários e especuladores em geral melhores condições de aumentar seus lucros. Projeto elaborado em gabinetes, sem participação real dos representantes dos trabalhadores e - Leia mais [...]

Temer acaba com o Natal dos trabalhadores

Em nota oficial, CUT diz que reforma de Temer é ineficaz, inoportuna e autoritária [Escrito por: CUT Nacional] A reforma trabalhista anunciada nesta quinta-feira (22) pelo governo do ilegítimo e golpista Temer é ineficaz, inoportuna, autoritária e não resolve o problema do Brasil. É ineficaz por não enfrentar o principal problema do País, que é a estagnação econômica, a crise da indústria e o desemprego que atinge milhões de famílias. É inoportuna porque está fora da realidade, foi elaborada às vésperas do Natal, o que demonstra a falta de compromisso dos golpistas com o povo, com a classe trabalhadora. É autoritária porque é unilateral, decidida sem amplo debate com as centrais sindicais - Leia mais [...]

CUT articula mobilização firme contra retirada de direitos pelo governo Temer

Depois da PEC 55, da MP do Ensino Médio e da reforma da Previdência, próxima ameaça da gestão Temer é a reforma trabalhista; sindicatos criticam prometem forte oposição [Escrito por: Cristiane Sampaio, Brasil de Fato]   Após a chegada da reforma da Previdência ao Congresso Nacional, a próxima ameaça que bate à porta dos trabalhadores brasileiros pode ser encaminhada ainda esta semana ao Legislativo: a reforma trabalhista. A pauta já movimenta sindicatos de trabalhadores, preocupados com o contexto de flexibilização de direitos. Mas, para eles, o perigo não projeta exatamente uma novidade: segundo levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), há mais de 60 matérias propondo retirada de direitos trabalhistas - Leia mais [...]

Jornal da CUT alerta que Temer quer que você trabalhe até morrer

Publicação traz exemplos da maldade que Temer e sua equipe querem aprovar já em 2017 [Escrito por: CUT] A Central Única dos Trabalhadores (CUT) lançou nessa segunda-feira, dia 19, um jornal que alerta os trabalhadores e trabalhadoras sobre os reais motivos e riscos embutidos na proposta de reforma da Previdência Social. O jornal ” O fim da aposentadoria” é didático e traz exemplos da maldade que Temer e sua equipe querem aprovar já em 2017. O texto mostra como o ficará a situação das trabalhadoras domésticas, dos pedreiros, do trabalhador rural e dos demais trabalhadores. Mostra ainda que com a reforma de Temer as mulheres terão que contribuir dez anos a mais e esperar até - Leia mais [...]

Ajufe diz, em nota, que reforma da Previdência sem debate é ‘inaceitável e temerária’

Entidade de juízes federais ressalta que governo não pode encampar discussão tendo como único enfoque a crise econômica e sem avaliar aspectos jurídicos e sociais da matéria, de forma qualificada [Escrito por: Hylda Cavalcanti, da Rede Brasil Atual] Brasília – A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) divulgou hoje (12) uma nota pública na qual se posiciona de forma crítica à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, referente à Reforma da Previdência. De acordo com a entidade, em documento assinado pelo seu presidente, Roberto Carvalho Veloso, como a reforma  atingirá substancialmente a população brasileira, precisa ser submetida a um debate “sério e qualificado” com os trabalhadores e servidores públicos. - Leia mais [...]

Reforma da Previdência sugerida atrasa o Brasil em mais de um século

Nas mãos do Congresso Nacional, a medida poderá ser o fim das políticas sociais de estado [Escrito por: CUT Nacional, com informações de agência] A proposta de reforma da Previdência detalhada nessa terça-feira (6) sugere a volta do trabalho escravo e a utilização de mão de obra infantil. Enviada ao Congresso Nacional pouco antes da meia-noite desta segunda-feira, o texto estabelece a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres, e tempo de contribuição de, no mínimo, 49 anos para aposentadoria integral. Se aprovada, a regra valerá tanto para o serviço público, quanto para o privado, e atingirá mulheres com 45 anos ou menos, e homens com idade inferior a - Leia mais [...]

Governo golpista anuncia reforma da Previdência e confirma medidas nocivas à classe trabalhadora

Visivelmente constrangido, Temer disse que Congresso dará a palavra final [Escrito por: CUT Nacional] “A CUT jamais irá aceitar que desiguais sejam tratados de forma igual, como pretende o governo do ilegítimo e golpista Michel Temer (PMDB-SP)”, disse o presidente da CUT, Vagner Freitas, sobre a reforma da Previdência anunciada nesta segunda-feira (5). A  proposta dificulta o acesso à aposentadoria, elevando a idade mínima para 65 anos e aumentando o tempo mínimo de contribuição de 15 para 25 anos. Para Vagner, a idade mínima é injusta com a classe trabalhadora, em especial com os que começam a trabalhar mais cedo e as mulheres, que vão ter de trabalhar e contribuir mais - Leia mais [...]

Contra agenda ‘reducionista’, metalúrgicos apresentam propostas para reaquecer economia

Confederação nacional da categoria lançou documento com sugestões para fortalecimento da indústria. Presidente da CUT diz que entidade também irá apresentar um programa para “disputar agenda” [Escrito por: Rede Brasil Atual] A Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM-CUT) apresentou na última quarta-feira (30/11) propostas para retomada da economia e fortalecimento da indústria, em contraponto ao que considera políticas de retrocesso do atual governo. “É preciso explicar à sociedade que não é verdade que as únicas propostas para a saída da crise são essas medidas reducionistas que o governo golpista apresenta. Queremos disputar essa agenda e explicar ao povo brasileiro que o problema não é o custo do trabalho e - Leia mais [...]